segunda-feira, 18 de outubro de 2010



E Deus criou o homem

(Wanda Campos)


No processo de criação
Deus foi muito cauteloso.
Fez a todos bem diferentes
de um jeito meticuloso,
não fez ninguém igual a ninguém,
nisto foi bem cuidadoso.

Alguns elementos possuia
para entalhar as pessoas,
eram elementos variáveis,
uma coisa muito boa.
Então foi selecionando
com critérios, não à toa.

A cada um deu uma cor de pele
e eram muitas variantes.
Depois receberam os cabelos,
cada tipo interessante!
Bocas, olhos e narizes combinando
de uma maneira intrigante.

Ao final deste processo
colocou-os lado a lado.
Agradou-lhe o resultado,
ficando deveras encantado
pois sabia que todos eles
seriam em breve multiplicados.

Essa foi mesmo a forma
de Deus criar o ser humano,
sem nunca pensar em raça,
o que pra Ele era um engano,
porém os homens conseguiram
atrapalhar tão belo plano.

Separaram-nos por cor
ou por traços peculiares
tratando alguns como menores
e dependendo dos lugares
não nos deixando viver
e nem construirmos lares.

Acredito fielmente
que quando olha para baixo
Deus não se sente feliz,
afinal não foi esse o plano
que Ele realmente quis.
Como pode o ser humano
não aceitar as diferenças
e ver na obra Divina
motivo para ofensas?
Como pode uma pessoa
querer ao outro desprezar
ou ter no irmão da Criação
um ser para escravizar?

Uns tantos se acham espertos
e não conseguem enxergar
o que está na ponta do nariz:
As diferenças que existem,
só existem mesmo de fato
nos ítens que Deus planejou,
naquilo que Ele bem quis.

2 comentários:

Wanda Campos disse...

É gostoso ver uma poesia da gente postada em um blog tão bonito. Obrigada pelo carinho... Beijos

иιdιℓу disse...

Wanda fiquei tão feliz com o seu comentário!!!Que bom que você gostou do blog!! Seja sempre bem vinda. O seu texto é belíssimo e me trouxe várias respostas...Parabéns!